Instagram

Instagram has returned invalid data.

Follow Me!

projeto:

Intimidade

Sobre

O projeto Intimidade, baseado na musicalidade do CD ‘Intimidade’ da Comunidade Católica Colo de Deus está inserido dentro da série: “EMOÇÕES: O SENTIMENTO EM EXPRESSÃO”. 

Este projeto consiste em uma sequência de telas abstratas dedicada a transmitir a conexão com o ser superior, criador de todas as coisas e a beleza do mundo natural, buscando a metamorfose do olhar do homem moderno através da percepção do tempo e da aguçada beleza da criação através das sinuosas fusões de cores e texturas empregada pelo artista.

Busca em sua profundidade a conexão do eu interior com a transformação do homem moderno através do movimento das formas e o composto de texturas.

Cada pincelada reflete a profundidade da musicalidade de cada faixa, o temperamento interno absoluto do indivíduo e trás a reflexão do psique humano com a junção do simples e belo movimento da vida cotidiana.

Um conceito que eu criei observando os vídeos das pinturas do do intimidade: A palavra intimidade quer dizer “estar nas entranhas” eu traduzo pra “eu dentro de Jesus e Jesus dentro do Pai, logo, eu dentro do Pai”. Misturar-se a Jesus de tal maneira que a “pintura espiritual” fique disforme e não se identifique mais quem sou eu e quem é ele, Eu e ele somos um. E o resultado é a beleza, que é o grau máximo da perfeição.

Hugo Santos

Fundador da Comunidade Colo de Deus

Intimidade

Intimidade é a música  principal do álbum e retrata o coração desesperado pelo encontro com Jesus, a vontade ansiosa do encontro da noiva com o noivo, pois quando esse encontro se completa, quando a se concretiza esse encontro, tão esperado, acontece o que a música retrata: “quanto mais te vejo menos vejo a mim, e quanto mais te vejo me apaixono, e quanto mais te amo mais me dou por ti”.

Toda essa vivencia está presente na construção da obra e é retratada pelas cores e misturas das mesmas, demonstrando o nosso encontro íntimo com a beleza de Jesus, assim aos poucos a nossa humanidade vai se conectando e se fundindo a realeza de Jesus. Toda essa profundidade está presente na construção da obra é retratada pelas cores e misturas.

Apocalipse

A música Apocalipse 4,11 retrata a profundidade do mistério do último capitulo da bíblia, que é retratada por muitas culturas, mídias e filmes, significando a destruição, o fim do mundo e da existência, porém existe uma visão mística e poética por trás de todo esse caos. 

Apocalipse retrata o fim da criação, quando o grande criador de todas as coisas finalizará a sua criação, onde concretizaremos o desejo de ver o esposo novamente na terra, onde veremos a glória de Deus e voltaremos ao plano original da criação, estar e ser um com Deus.

A pintura retrata todo esse movimento, do caos à glória, quando a nossa humanidade é purificada pela dignidade do cordeiro, onde nossas vestes são alvejadas e entraremos na sala do trono para apenas adorar ao Criador de todas as coisas. Pois como a própria música retrata só Ele digno de receber a honra, a glória e majestade.

Todos os Vídeos